Se em 1945 Luigi Pedutto tivesse conseguido a autorização para acompanhar a sua namorada Mokryna Yurzuk, poderiam ter sido agricultores numa fazenda coletiva. O Luigi teria-la pedido em casamento, mas Mokryna continuaria a dizer que não. Talvez eles tivessem tido três filhos e em cada verão tivessem ido a Castel de San Lorenzo,  que é a terra natal do Luigi. Depois  talvez tivessem tido uma estátua em Kiev, e o casal teria publicado um livro contando a sua experiência no campo de concentração e a sua paixão. Após se  terem reformado, Luigi e Mokryna talvez tivessem ido viver para a Itália com todos os seus filhos. Luigi e Mokryna ter-se-iam convertido em duas estrelas da televisão italiana apresentando um programa para procurar namorado ou namorada.