Nestas férias da páscoa, encontrei uma série de televisão muito interessante de Inglaterra sobre o trabalho de relações públicas que se chama “Flack”.

A personagem principal, Robyn, é uma publicitária  americana que trabalha para uma empresa de relações públicas em Londres e que é hipercompetitiva. A sua principal função é representar celebridades quem têm todo o tipo de escândalos que se pode imaginar. Contudo, ela tem sempre um meio adequado ou impróprio para acalmar a tempestade e manter a imagem perfeito do seu cliente. No entanto, ao mesmo tempo, ela enfrenta inúmeros problemas na sua vida privada.

Gosto desta história, não só porque os escândalos e as soluções de relações públicas são semelhantes ao que acontece na vida real, mas também porque as personagens principais são todas profissionais femininos, com as quais  me identifico como  membro da equipa de um programa de televisão no meu trabalho anterior.