Nesta semana, chateada em casa, tentei fazer algumas coisas interessantes.

Cozinhei a minha comida favorita:

Como fico em casa todos os dias, é preciso cozinhar bem para que não tenha muitas saudades das comidas deliciosas lá fora. Nesta semana, eu cozinhei asas de frango de Coca-Cola, que é fácil de fazer, claro que é delicioso! Quando vejo  algum filme,  costumo comê-las  com sangria ou outras bebidas refrigerantes.

Joguei jogos no telemóvel  em diversos idiomas:

Atualmente, eu conheci alguns amigos que vivem em Lisboa, eles recomendaram-me um jogo de telefone que se chama Arena of Valor. Este jogo contem muitos idiomas como português, espanhol ,  japon~es, coreano, entre outras línguas.

Isto é aplicável para todas as nacionalidades e podemos jogar juntos e podemos  falar c  uns com os  outros no jogo, quer dizer, fazemos amigos através de um jogo.

Para mim, eu posso aprender mais línguas estrangeiras fora da aula e fazer amigos estrangeiros para que não me sinta isolada sempre em casa.

Diverti-me a matar moscas:

O que me faz ficar mais chateada são  as moscas! Cada vez que eu abro a janela para dar ar fresco, devem entrar mais de 10 moscas no meu quarto e sem sair!  Só tenho uma maneira de  as despachar que é usar a minha raquete de badminton para matar  as moscas. Eles voam muito depressa e devo demorar  uma hora por vez para ficar em silêncio. No meu lugar, este é um meio de fazer desporto em casa.

Conversei na Internet:

Gracas ao  WiFi, eu posso falar com a minha família no ecrã e fazer chamadas de vídeo no FaceTime com o meu namorado a cada momento. Vou continuar a manter contacto com eles para não ficarem preocupados comigo.

Na conversa, a minha mãe partilhou os acontecimentos sobre as notícias da nossa região e pediu-me ajuda no seu negócio. Além disso, falou comigo sobre a sua vida de jovem, como conheceu o meu pai e por que motivo é que  eles se divorciaram.

Vi animes do Japão:

Eu vi  animes do Japão todos os dias. Gosto muito de ver  animes porque os japoneses são especialistas em desenhar as personagens tão bonitas e as histórias de cada anime fazem sentir  ou até chorar no fim da história. Através  dos animés do  Japão, conheci  aspetos da cultura japonesa que eram elegantes e rigorosos. Também começo a saber ouvir o japonês básico. Acho que estou a aprender japonês ao mesmo tempo.