Ao longo da história, as sociedades de todo o mundo usaram a pena de morte como uma maneira de castigar os crimes mais violentos. Embora a pena de morte já esteja abolida hoje em dia, muitos países a aplicam. Eu concordo com a pena de morte por várias razões.

Alguns crimes são tão graves que apenas a pena de morte é suficiente. Crimes violentos e sexuais contra crianças, por exemplo. Quem cometer tais atos representará sempre um perigo para a sociedade. Assim, a pena de morte é a única punição apropriada nesses casos.

A pena de morte atua como um impedimento. Se as pessoas souberem que provavelmente serão executadas pelos crimes mais graves, estarão menos propensas a cometê-las.

A pena de morte economiza o dinheiro dos contribuintes. Em comparação com todo o dinheiro gasto na manutenção dos prisioneiros, a execução envolve relativamente pouca despesa.

Mesmo  com a melhor vontade do mundo, alguns criminosos estão além da reabilitação. Quer estejam nas ruas ou trancados dentro de uma prisão, representam sempre um perigo para alguém. A pena de morte lida com esse problema removendo elementos perigosos da sociedade permanentemente.

A pena de morte satisfaz o desejo humano natural de vingança. Esse pode não ser um dos objetivos declarados, mas é a principal razão pela qual as pessoas a apoiam. A execução de criminosos satisfaz o desejo de vingança da comunidade, mantendo assim a estabilidade social.